A Companheira

A vontade de encontrá-la costuma vir à noite. Aqueles momentos de solidão e reflexão. Momentos em que é difícil controlar a ansiedade, por vários motivos. Seja o trabalho que não me passa segurança, seja a impaciência por não encontrar a companhia ideal, a TPM incontrolável ou os problemas familiares que nunca desaparecem e caem no meu colo mesmo sem pedir.

Ela é minha amiga silenciosa. Só me escuta, sempre compreensiva, absorve minhas lágrimas, abafa meus soluços…

Ela não reclama, não se lamenta e tem memória curta. Posso repetir a mesma ladainha, dia após dia, que ela nem vai me chamar de chata.

Algumas vezes a apresento a alguns amigos. A maioria adora! Pena que nem todos sabem apreciá-la da maneira correta.

Nossas conversas podem ser curtas, mas muitas vezes proveitosas. Ela tem o dom de me libertar, pois sua companhia, na dose certa, derruba minhas barreiras, acaba com meus preconceitos e inibições.

Obrigada por existir VODKA!

Anúncios

~ por A Loira em 03/08/2011.

Comenta aqui!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: